Documento sem título
Você está em
Home > Brasil > Delator acusa ex-diretor de esportes da Globo de receber R$ 1 milhão em propina

Delator acusa ex-diretor de esportes da Globo de receber R$ 1 milhão em propina

Foto: Martin Fernandez / Globoesporte.com

Um delator da investigação que apura casos de corrupção na Fifa disse durante julgamento nesta quinta-feira (30) em Nova York que pagou US$ 1 milhão em propina a Marcelo Campos Pinto, ex-diretor de esportes da TV Globo. De acordo com o site BuzzFeed News, ele foi citado por Eladio Rodriguez, ex-dirigente da empresa argentina Torneos y Competencias, que detinha os direitos de transmissão da Libertadores e da Copa Sul-Americana. Rodriguez apontou que o pagamento foi feito em dezembro de 2013. O montante partiu de uma conta secreta na Suíça, de nome Arcos, usada para distribuir propina e bônus. Ainda segundo o BuzzFeed News, a transferência do valor teria sido precedido de um depósito de US$ 10 milhões vindo da Globo. No entanto, Rodriguez não deu mais detalhes sobre o contexto do pagamento. Em nota, a Globo afirmou “que nunca teve conhecimento de tal pagamento”. “Caso tal pagamento tenha ocorrido, foi, evidentemente, contrário aos interesses da empresa. O Grupo Globo reafirma que não tolera nem paga propina”, completa o comunicado.

Deixe uma resposta

Top