Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Barroso considera manifestações por volta do regime militar assustadoras

Barroso considera manifestações por volta do regime militar assustadoras

Por Rafael Moraes Moura, do Estadão Conteúdo

Ditaduras vêm com violência contra os adversários, censura e intolerância’, disse ministro do STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse neste domingo (19) que é “assustador” ver manifestações pela volta do regime militar, após 30 anos de democracia. Barroso foi o primeiro ministro do STF a se manifestar publicamente sobre o protesto deste domingo, que contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

“Só pode desejar intervenção militar quem perdeu a fé no futuro e sonha com um passado que nunca houve. Ditaduras vêm com violência contra os adversários, censura e intolerância. Pessoas de bem e que amam o Brasil não desejam isso”, escreveu Barroso no Twitter.

“É assustador ver manifestações pela volta do regime militar, após 30 anos de democracia. Defender a Constituição e as instituições democráticas faz parte do meu papel e do meu dever. Pior do que o grito dos maus é o silêncio dos bons”, afirmou o ministro, em referência a Martin Luther King, líder do movimento pelos direitos civis dos negros.

“Patifaria”
Ao discursar de improviso para uma multidão que o aguardava em frente ao Quartel General do Exército, Bolsonaro disse que não vai “negociar nada”, defendeu “acabar com essa patifaria” e afirmou que “esses políticos têm que entender que estão submissos à vontade do povo brasileiro”. O protesto em Brasília contou com várias faixas com menções ao AI-5 e a uma intervenção militar”.

O AI-5 foi o Ato Institucional mais duro instituído pela repressão militar nos anos de chumbo, em 13 de dezembro de 1968, ao revogar direitos fundamentais e delegar ao presidente da República o direito de cassar mandatos de parlamentares, intervir nos municípios e Estados. Também suspendeu quaisquer garantias constitucionais, como o direito a habeas corpus, e instalou a censura nos meios de comunicação. A partir da medida, a repressão do regime militar recrudesceu.

Bolsonaro vem acumulando desgastes com o Congresso e governadores de todo o País por conta do enfrentamento do novo coronavírus. O presidente defende um relaxamento do distanciamento social por temer o impacto do isolamento sobre a economia brasileira.

Na semana passada, o STF impôs uma derrota ao Palácio do Planalto e decidiu que governadores e prefeitos também podem tomar medidas de isolamento para evitar o avanço da pandemia.

Da Redação: Inhambupenoticias Falar com Reinaldo Silva Radialista DRT.8217/BA – whatsApp (71) 9-9912 9161 – (75) 9.8132 7723 e-mail: reinaldosilva95fmalagoinhas@gmail.com Inscrevam-se Canal YouTube Reinaldo silva radialista. Ouça de segunda a sexta das 12h às 14h programa impacto da notícia pela Rádio 95,7 FM de Alagoinhas. Ligue e participe ao vivo 75 3033 0957 – Whatsapp 75 9.9960 0957  Baixe nosso aplicativo no play store do seu celular 95 FM de Alagoinhas, Ouça Nossa Programação ao Vivo Pelo RadiosNet

Deixe uma resposta

Top