Documento sem título
Você está em
Home > BRACELL > Bracell reúne especialistas e comunidade em seminário sobre eucalipto

Bracell reúne especialistas e comunidade em seminário sobre eucalipto

Cerca de 150 pessoas lotaram o auditório do Hotel Áster, em Alagoinhas, na tarde de 19 de julho, para o seminário Conhecendo o Eucalipto e os Benefícios das Florestas Plantadas. O evento contou com as presenças de Paulo César Sentelhas, professor e doutor de Agroclimatologia da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), e de Carolina Bozetti Rodrigues, doutora em Ciências, umas das responsáveis pelo Promab (Programa de Monitoramento e Modelagem de Bacias Hidrógráficas), além de consultora do Ipef (Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais). Realizado pela Bracell, o evento reuniu representantes do poder público, lideranças comunitárias, estudantes e outros interessados no assunto.

????????????????????????????????????

????????????????????????????????????

Também presente ao evento, o economista Wilson Andrade, diretor executivo da Abaf (Associação Baiana das Empresas de Base Florestal), traçou um panorama da atividade florestal no estado. Ele destacou a oportunidade representada pelo setor para a economia, inclusive por atrair investimentos, empregos e renda para regiões fora dos grandes centros urbanos. “O mundo vai precisar ainda mais de madeira em 2050; a Bahia e o Brasil precisam decidir se desejam absorver esta demanda ou se a deixarão para outros países e regiões”, disse.
Paulo Sentelhas falou sobre os aspectos climáticos do agreste baiano e litoral norte, mostrando como eventuais alterações no clima no mundo, no Brasil e na região precisam ser avaliadas sempre considerando questões locais e globais, inclusive a evolução do sistema solar. Segundo ele, é importante observar os ciclos históricos de alteração climática para obter informações precisas e corretas e não apenas eventos isolados de determinada região.
Quanto à relação entre eucalipto e água, o pesquisador destacou que o cultivo sustentável de florestas, com técnicas que respeitam critérios técnicos e ambientais, ajuda a manter os recursos hídricos. “Onde mais se planta mais se tem chuva e, assim, se renova o fluxo de água”, explica.
Carolina Rodrigues, por sua vez, falou sobre o eucalipto no contexto da bacia hidrográfica da região. A pesquisadora lembrou que é uma prática comum das empresas certificadas de base florestal, como a Bracell, conhecer a fundo as regiões onde mantêm seus plantios a fim de adequar os tipos de clones a serem utilizados e o tipo de manejo a ser realizado, assegurando a sustentabilidade das operações.
Mouana Fonseca, gerente de Relações Institucionais e Sustentabilidade, e Meryellen Oliveira, coordenadora de Meio Ambiente e Certificações, apresentaram os investimentos socioambientais e de infraestrutura, além dos programas ambientais desenvolvidos pela Bracell no território de atuação da empresa.
Entusiasmado com a presença do público, Bruno Felix, gerente florestal da Bracell, ressaltou os esforços e iniciativas da empresa em evoluir no seu processo de produção, aproximando-se cada vez mais das comunidades vizinhas. Ele assegurou que o evento não será o único. “Faremos novos encontros para ouvir as aspirações, demandas, elogios e críticas e também para levar as informações oficiais da empresa como sempre deve ser, de forma franca e transparente”, disse.
Inhambupenoticias: Falar com Reinaldo Silva Radialista – whatsApp (71) 9-9912 9161
E-MAIL: inhambupenoticias1967@gmail.com Baixe nosso aplicativo no play store do seu celular 95, FM de Alagoinhas, Ouro Negro FM 100,5 de Catu Ba. Baixe Agora No Play store do seu Celular, Ouça Nossa Programação ao Vivo Pelo RadiosNet

Deixe uma resposta

Top