Documento sem título
Você está em
Home > CORONAVIRUS COVID-19 > Coronavírus: Bahia tem 217 casos, 60% deles em Salvador

Coronavírus: Bahia tem 217 casos, 60% deles em Salvador

Da redação CORREIO 24HORAS

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


A Bahia registrou 41 novos casos de infectados pelo novo coronavírus. O número de casos confirmados em todo o estado já chega a 217, segundo informa boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Até as 17h desta terça (31), as pessoas com teste positivo para a doença representavam 3,7% do total de casos notificados. Na última segunda (30), o total de casos confirmados era 176.

O boletim ainda informa que o número de óbitos permanece 2, ambos de pessoas residentes em Salvador que apresentavam comorbidades associadas. Outras nove mortes são investigadas.

Até o momento, 1393 casos foram descartados e outros 4279 são investigados. Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 42 encontram-se internadas.

Das confirmações, 132 estão em Salvador, o que representa 60% dos pacientes infectados. A segunda cidade em números de casos é Feira de Santana, com 17 ocorrências, seguida de Lauro de Freitas, que possui 11 enfermos.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

No boletim, a Sesab informou que o grande aumento dos casos em investigação se deve à liberação na data de hoje, pelo Ministério da Saúde, do acesso ao novo banco de dados e-SUS VE, o que permite visualizar os casos notificados entre 27 e 31/03 que estavam inacessíveis.

Dentre os casos confirmados, 54,38% são do sexo masculino e 45,62% do sexo feminino. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,44), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

A Sesab ressatla que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.

Da Redação: Inhambupenoticias, Falar com Reinaldo Silva Radialista DRT.8217/BA – whatsApp (71) 9-9912 9161 – (75) 9.8132 7723 e-mail: reinaldosilva95fmalagoinhas@gmail.com Inscrevam-se Canal YouTube Reinaldo silva radialista e Baixe nosso aplicativo no play store do seu celular 95 FM de Alagoinhas, Ouça Nossa Programação ao Vivo Pelo RadiosNet

Deixe uma resposta

Top