Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Médicos de Esplanada reclamam de atraso salarial e ameaçam greve

Médicos de Esplanada reclamam de atraso salarial e ameaçam greve

Os médicos da prefeitura de Esplanada reclamam de atrasos salariais e ameaçam greve. Conforme o presidente do Sindicato dos Médicos (Sindimed), Francisco Magalhães, o problema é recorrente nos Postos de Saúde da Família (PSFs), porém, no início do contrato, em fevereiro de 2017, não havia problema de atraso, mas que nos meses subsequentes a situação foi piorando a ponto de os profissionais irem frequentemente  à Secretaria de Saúde cobrar pelos pagamentos. “No final de janeiro, teríamos que receber o salário de novembro e até hoje não recebemos”, disse um médico que preferiu não se identificar ao sindicato.

Ainda conforme o Sindmed, além de atrasar os salários, os administradores não dão qualquer satisfação à categoria. “O mesmo vem acontecendo com os médicos do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) de Esplanada, que estão sem receber novembro e dezembro de 2017”. O presidente do Sindimed, Francisco Magalhães, enviou ofício ao prefeito Francisco da Cruz pedindo a resolução do problema. Ele adverte que se o descaso continuar os médicos poderão suspender os atendimentos.

Deixe uma resposta

Top