Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Pedido de aposentadoria especial voluntária é concedido a ”Japonês da Federal”

Pedido de aposentadoria especial voluntária é concedido a ”Japonês da Federal”

O agente que passou a ser conhecido em todo o Brasil, após a deflagração da Operação Lava Jato, em março de 2014, o policial federal Newston Ishii o ‘’Japonês da Federal’’ teve o pedido de aposentadoria especial voluntária concedido, segundo informação publicada no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (26).




Newton Ishii, durante as fases da operação, apareceu ao lado de empreiteiros, operadores financeiros, políticos e funcionários públicos que eram presos.

Já em 2009, ele foi condenado por facilitar a entrada de contrabando no país. Newton Ishii foi preso, em junho de 2016, por causa da Operação Sucuri, que descobriu o envolvimento de agentes na entrada de contrabando pela fronteira, e passou a cumprir pena em regime semiaberto harmonizado.

No entanto, segundo a Polícia Federal (PF), o agente teve a pena reduzida e retirou a tornozeleirra eletrônica quatro meses depois, porque a cada três dias trabalhados pelo agente, foi descontado um dia da pena total.

Quando foi condenado, Newton Ishii era aposentado e, por isso, a Justiça não determinou nada em relação a trabalho. Porém, sua aposentadoria foi considerada irregular, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), por causa da contagem de tempo de serviço.

Em outubro de 2016, o ‘’Japonês da Federal’’ fez o pedido de aposentadoria especial voluntária, na qual, declarou mais de 30 anos de serviço.

Deixe uma resposta

Top