Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > PM instaura inquérito para apurar disparo que atingiu menina de 11 anos em troca de tiros

PM instaura inquérito para apurar disparo que atingiu menina de 11 anos em troca de tiros

por Luana Ribeiro

Foto: Reprodução / Record Bahia / Arquivo Pessoal

A origem do disparo que causou a morte da estudante Geovana Nogueira, 11 anos, que foi baleada no rosto em frente a sua casa nesta quarta-feira (24), no bairro Jardim Santo Inácio (saiba mais), será apurado em um inquérito policial militar (IPM) – o prazo de conclusão é de 40 dias, prorrogável por mais 20. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu durante uma troca de tiros entre policiais da 48ª Companhia Independente de Polícia Militar (48ª CIPM/ Sussuarana) e criminosos da localidade Paz e Vida. “Segundo informações dos policiais militares da 48ª CIPM, eles foram recebidos a tiros por criminosos ao chegarem na localidade Paz e Vida e houve confronto. Logo em seguida um homem pediu socorro à guarnição, pois uma garota havia sido ferida. Imediatamente os policiais militares socorreram a vítima à UPA de Santo Inácio, onde ela não resistiu”, afirma a corporação, por meio do Departamento de Comunicação Social (DCS). A família da vítima, no entanto, acusa a polícia de ser responsável pela morte da menina. Em protesto, na manhã desta quinta-feira (25), moradores da região incendiaram um ônibus na entrada do Jardim Santo Inácio. De acordo com a PM, houve reforço do policiamento no bairro desde início da manhã, com equipes da 48ª CIPM, da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT)/Rondesp e a Operação Apolo. Ainda de acordo com a PM, os ônibus circulam normalmente no bairro. 

Deixe uma resposta

Top