Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > PM mata homem na Bahia após discussão em bar que terminou com abraço

PM mata homem na Bahia após discussão em bar que terminou com abraço

Mesmo sem ameaçar policial, vítima levou dois tiros na cabeça em Terra Nova

O soldado Alexandre Borges é suspeito de matar o autônomo Francisco da Costa (Foto: Reprodução)

O policial militar Alexandre Borges foi preso preventivamente nesta quinta-feira (22) em Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo baiano, pelo assassinato do autônomo Francisco Rodrigo Plácido da Costa, 28, no sábado (17), na cidade vizinha de Terra Nova.

O crime ocorreu momentos depois de o policial ter discutido com a vítima em um bar, na madrugada de sábado, e a conversa acalorada ter terminado com um abraço entre os dois. Costa foi morto com dois tiros na cabeça, sem que tenha esboçado tentativa de agressão ao policial.

Segundo a Polícia Civil, antes do crime, Borges discutia com o dono do bar sobre o suposto pagamento de um dinheiro, quando Costa, que também bebia álcool no mesmo estabelecimento, entrou no meio da discussão.

O dono do bar insistiu em não dar dinheiro ao policial, que teria ficado irritado com isso e com a intervenção da vítima. Testemunhas relataram à polícia que Borges, que é soldado, estava no bar acompanhado de um tenente.

Ainda segundo relatos de duas testemunhas do crime à Polícia Civil, o soldado da PM saiu do bar parecendo que a situação tivesse sido resolvida, pois deu até aperto de mão e abraço na vítima.

Meia hora depois, ele pegou seu carro – um Corsa prata – e foi em busca de Costa, localizando-o numa área central da cidade com outros amigos. Parou o veículo e fez cinco disparos, sendo que dois atingiram a vítima e três um caminhão-baú.

O policial é lotado na 20ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), sujo comando informou que Borges “já foi submetido a exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica de Santo Amaro”.

Borges, diz o comunicado, “será apresentado na Corregedoria Geral da PM, em Salvador”. A 20ª CIPM informou ainda que foi instaurada uma investigação para apurar as circunstâncias do crime.

Em Terra Nova, o assassinato de Francisco Rodrigo Plácido da Costa, conhecido como “Duque”, deixou muitas pessoas revoltadas, sobretudo porque o crime foi por motivação banal. Costa era solteiro e tinha uma filha de 6 anos.

Na segunda-feira, cerca de 200 pessoas, entre amigos e familiares da vítima, fizeram um protesto em Terra Nova para pedir justiça. “Sabemos que não vamos trazê-lo de volta, mas queremos que o culpado seja punido”, disse um parente da vítima que não quis ter o nome divulgado.

Inhambupenoticias: Falar com Reinaldo Silva Radialista DRT.8217/BA – whatsApp (71) 9-9912 9161
e-mail: reinaldosilva95fmalagoinhas@gmail.com. Baixe nosso aplicativo no play store do seu celular 95, FM de Alagoinhas, Ouro Negro FM 100,5 de Catu Ba. Baixe Agora No Play store do seu Celular, Ouça Nossa Programação ao Vivo Pelo RadiosNet

Deixe uma resposta

Top