Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Raquel Dodge apresenta denúncia contra ministro do TSE por agressão contra mulher

Raquel Dodge apresenta denúncia contra ministro do TSE por agressão contra mulher

Foto: Roberto Jayme / TSE

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou o ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelo crime de lesão corporal contra a sua mulher. Segundo informações do jornal O Globo, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, protocolou a denúncia nesta terça-feira (14). A mulher do ministro, Élida Souza Matos, fez a acusação em junho deste ano (veja mais). No boletim de ocorrência, ela relata ter sido chamada de “prostituta” e “vagabunda” e que Admar jogou enxaguante bucal sobre seu corpo. O documento aponta ainda que o olho direito dela apresentava inchaço e roxidão. O caso tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), já que Gonzaga possui foro privilegiado por ser ministro do TSE. A relatoria é de Celso de Melllo, ministro do STF. Na época da acusação, Admar disse que o episódio aconteceu durante uma crise de ciúmes da mulher, depois que ela consumiu álcool. Segundo ele, Élida ficou com o olho roxo após escorregar em Listerine derramado e bater contra a banheira. O ministro do TSE admitiu ter empurrado a mulher, mas alegou que isso aconteceu por defesa própria.

Deixe uma resposta

Top