Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Salto qualitativo em educação: Alagoinhas participa do encontro “Redes que Transformam”, da Fundação Lemann, em São Paulo

Salto qualitativo em educação: Alagoinhas participa do encontro “Redes que Transformam”, da Fundação Lemann, em São Paulo

Selecionada para participar do programa “Educar pra Valer”, a cidade aposta em modelos avançados de ensino para elevar os índices de aprendizagem nas escolas do interior baiano

O prefeito Joaquim Neto, o secretário municipal de educação, Jean Afonso, a subsecretária da pasta, Keite Lima, a diretora pedagógica Suyane Cristina Ferreira e a coordenadora Queila Conceição estiveram, no último final de semana, em São Paulo, para o encontro “Redes que Transformam”, promovido pela Fundação Lemann, uma organização sem fins lucrativos que há 15 anos trabalha em parceria com instituições, governos e sociedade civil por uma educação pública de qualidade para todos.

O encontro, realizado no Embu das Artes, é um desdobramento de 4 programas apoiados pela Fundação Lemann: Conectando Saberes, Formar, PARC (Programa de Alfabetização em Regime de Colaboração) e Educar pra Valer – do qual Alagoinhas faz parte desde o início do ano.

A proposta é que, com a cooperação técnica gratuita oferecida através do programa nas áreas pedagógica e de gestão, o município possa alavancar o índice de aprendizagem entre os alunos matriculados, estimulando professores, envolvendo as coordenações e aproximando equipe técnica das unidades de ensino.

Selecionada ao lado de outras quatro cidades, em todo o estado, para participar do “Educar pra Valer”, Alagoinhas já sente, segundo a gestão municipal, os efeitos da formação continuada, da aplicação de diagnósticos entre os estudantes, do acompanhamento escolar e da intensificação de atividades. “O trabalho realizado e as ações colocadas em prática no decorrer de 2019, com apoio dos programas e o envolvimento da equipe da Secretaria Municipal de Educação, de professores, coordenadores pedagógicos, diretores escolares e alunos demonstraram uma perspectiva real de avanços educacionais”, ressaltou o gestor da pasta, Jean Afonso.

Segundo ele, a participação no encontro da Fundação Lemann, que congrega profissionais da educação de vários estados, engajados na perspectiva de melhorias para o ensino-aprendizagem, reflete o comprometimento da gestão Joaquim Neto com os avanços na área educacional e também permite, aos profissionais, compartilhar experiências, trocar, falar sobre os desafios, interligar interesses, articular e pensar transformações sistêmicas para as unidades em que atuam.

Nos dias 28 e 29 de setembro, o Chefe do Executivo Municipal, o secretário de educação, a subsecretária, a diretora pedagógica e a coordenadora participaram de palestras, sessões de bate-papo, salas temáticas sobre alfabetização, educação integral e formação continuada, além de painéis sobre instrumentos de avaliação no trabalho pedagógico, competências da BNCC e estratégias integradas de inovação. Os profissionais de Alagoinhas também tiveram contato, no evento, com projetos premiados, relatos de experiências exitosas e moderadores nacionalmente reconhecidos na área da educação.

Foto: Divulgação/SEDUC

“O evento foi muito produtivo. Discutimos o processo de ensino aprendizagem. Socializamos saberes e fazeres, compartilhamos experiências com outros municípios que conquistaram avanços significativos e vimos um pouco da experiência de países como a Índia e Singapura, tudo isso tendo em vista alavancar o índice de desenvolvimento da educação”, afirmou Suyane Cristina Ferreira, diretora pedagógica de Alagoinhas.

Para o prefeito Joaquim Neto, que foi a São Paulo para participar das discussões, o encontro reforça a importância da educação enquanto peça-chave para o desenvolvimento. “A expectativa é que a gente cresça ainda mais, que os nossos alunos tenham condições plenas para o desenvolvimento na série escolar e possam enxergar, através do conhecimento compartilhado, novas oportunidades. Em contato com o que de mais avançado se discute hoje, em termos de educação, e trocando informações com cidades brasileiras que evoluíram, podemos ter ainda mais clareza sobre os passos concretos que temos dado para a evolução e os avanços na qualidade da educação dos nossos estudantes em Alagoinhas”, destacou o chefe do Executivo Municipal.

De acordo com o prefeito, a previsão, a partir do trabalho realizado, é melhorar qualitativamente a educação com resultados efetivos já na próxima avaliação do IDEB, que será realizada dentro de 40 dias.

Quando assumiu a gestão municipal, em 2017, Joaquim Neto deu um salto na avaliação dos Anos Iniciais: embora não tenha alcançado a meta de 4,5 do Ministério da Educação, com poucos meses à frente da Prefeitura, o município registrou a marca de 4,2 no IDEB. Em 2015, esse índice era de 3,9. A previsão agora, segundo a Secretaria de Educação, é superar o número preconizado tanto nas métricas dos Anos Iniciais quanto na avaliação dos Anos Finais.

Redação:  Inhambupenoticias,  Falar com Reinaldo Silva Radialista DRT.8217/BA – whatsApp (71) 9-9912 9161
e-mail:  reinaldosilva95fmalagoinhas@gmail.com.br  Baixe nosso aplicativo no play store do seu celular 95 FM de Alagoinhas, Baixe Agora No Play store do seu Celular, Ouça Nossa Programação ao Vivo Pelo RadiosNet

Deixe uma resposta

Top