Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > TRF-4 rejeita, por unanimidade, último recurso da defesa de Lula no caso tríplex

TRF-4 rejeita, por unanimidade, último recurso da defesa de Lula no caso tríplex

O último recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) foi julgado nesta quarta-feira (18) em Porto Alegre e rejeitado, por unanimidade. A informação é de O Antagonista. Nivaldo Brunoni (que substitui João Pedro Gebran Neto), Leandro Paulsen e Victor Laus votaram por não dar conhecimento aos embargos.




A sessão começou às 13h39. Os desembargadores da 8ª Turma mantiveram a condenação de 12 anos e um mês de prisão, da decisão de 24 de janeiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). Lula está preso desde 7 de abril em Curitiba. Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter recebido o imóvel no litoral paulista como propina dissimulada da construtora OAS. Em troca, ele teria favorecido a empresa em contratos com a Petrobras. O ex-presidente nega as acusações e se diz inocente. Segundo o G1, os advogados de Lula pedem “que sejam conhecidos e acolhidos estes segundos embargos de declaração para o fim de suprir as omissões e obscuridades” que vêm sendo apontadas desde o primeiro recurso. Também pedem que seja “reconhecida a atipicidade da conduta com relação ao delito de corrupção passiva”, e que documentos que comprovam a inocência de Lula sejam apreciados.

Deixe uma resposta

Top