Documento sem título
Você está em
Home > Bahia > SEMAS: ex-coordenadora de habitação e ex-subsecretária ameaçou editor do Alagoinhas Hoje

SEMAS: ex-coordenadora de habitação e ex-subsecretária ameaçou editor do Alagoinhas Hoje

Maria Edilene Silva Souza foi babá dos filhos do ex-prefeito Paulo Cezar e da ex-primeira dama e secretária de Assistência Social Tatiana Andrade Silva. Ninguém teria nada com isso, se de babá, atividade da vida privada do casal e de sua prole, Edilene não tivesse sido alçada para cargos de destaque na Prefeitura de Alagoinhas, numa clara mistura entre o público e o privado, algo corriqueiro nos dois governos cezistas. 

Edilene foi coordenadora de habitação da Secretaria Municipal de Assistência Social e em curto período esteve à frente da subsecretaria da pasta, segundo posto no escalão hierárquico da SEMAS.

Em conversa com o editor do Alagoinhas Hoje, na página do Facebook do site, logo depois da eleição de 2 de outubro, Edilene escreveu um série de palavras de baixo calão e fez ameaças, segundo o jargão utilizado em ambientes nada edificantes: “Seu cafezinho vou te dar”, disparou a ex-babá e ex-ocupantes de cargos de confiança na SEMAS (ver abaixo). Ela também escreveu: “Tenha certeza que vou te encontrar”.

Com qual objetivo? Para um bate-papo civilizado é que não seria, dadas as características desta senhora, tão bem tipificadas por meio de sua escrita.

Segundo quem conhece este tipo de gíria, característica de determinados “grupos profissionais”, a ameaça está clara e é inquestionável. O conteúdo da conversa foi enviado a um especialista em segurança pública.

Além da ameaça, Edilene ofendeu o editor do site, certamente em função da TPE (tensão pós-eleição). Perdeu status social, por conta dos cargos ocupados na máquina pública, e não mais receberia salário, nada desprezível, a partir de 1º de janeiro.

O Alagoinhas Hoje publica o conteúdo da conversa em um momento de muita tensão para os ex-gestores da SEMAS e após ameaças de morte dirigidas ao secretário de Assistência Social, José Alfredo Menezes Filho, ao vereador Radiovaldo Costa e, mais uma vez, ao editor do site.

No final da conversa (abaixo), Edilene evocou a figura do diabo, também conhecido como tentador, satã, serpente, anjo mau, cornudo, maligno, mau, chifrudo, malvado, tinhoso, cão, tendeiro, demônio, satanás, príncipe das trevas, maldito, pai do mal, mafarrico, jurupari, canhoto, cão-tinhoso, anjo das trevas, belzebu, lúcifer.

Pessoas de bem não possuem pacto como o “coisa ruim”. Ela sabe disso. Mas o contrário é verdadeiro?

Deixe uma resposta

Top