Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Base de Rui se junta em ato de apoio a Jaques Wagner, após operação da PF

Base de Rui se junta em ato de apoio a Jaques Wagner, após operação da PF

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) foi recebido com um ato de apoio por petistas e partidos da base aliada do governo Rui Costa, na noite desta segunda-feira (26), em um hotel na Pituba, dia em que o atual secretário de Desenvolvimento Econômico foi alvo da Operação Cartão Vermelho, da Polícia Federal. A operação investiga irregularidades e recebimento de propina na construção da Arena Fonte Nova, estádio que feito para a Copa do Mundo em 2014.





Representantes de 12 partidos políticos estiveram presentes. A cúpula petista organizou o ato para mostrar força e prestar solidariedade ao ex-governador e possível candidato ao Senado na chapa do atual governador. Chamado de senador e por alguns de futuro presidente da República, já que é considerado também o Plano B de Lula, Wagner foi recebido com aplausos e discursos calorosos de apoio. “Isso só fortalece nosso ânimo. Vamos continuar trabalhando. Nada supera o trabalho”, disse o petista. Os aliados confirmaram que a operação deflagrada hoje não interfere na candidatura de Wagner nas eleições desse ano.

Matérias relacionadas:

Cartão Vermelho: PF deflagra operação contra irregularidades na Arena Fonte Nova
Por maioria, TCE decide que contrato da Fonte Nova é ilegal e multa gestores
Ex-gestores pedem trancamento de inquérito da PF sobre obras da Fonte Nova

Cartão Vermelho: PF diz que ex-governador Jaques Wagner escolheu não revisar custos de obras na Fonte Nova

De “cabeça tranquila”, Wagner afirma que mandado de busca e apreensão da PF foi “desnecessário”

Deixe uma resposta

Top