Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Candeias: moradores denunciam aterramento de manguezal; secretário nega

Candeias: moradores denunciam aterramento de manguezal; secretário nega

Moradores do Distrito de Passagem dos Teixeira em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, denunciaram que houve violação de direitos ambientais e aterramento de um manguezal em uma obra da prefeitura num local conhecido como Poço das Pedras.

O secretário de Serviços Públicos da cidade, Valdir Cruz, argumentou que a intervenção não provocou nenhum prejuízo ao meio ambiente e que não há mangue no trecho da obra.

“Foi apenas o nivelamento da área onde banhistas ficam. A gente abriu uma fenda onde não passava carro. Nada foi comprometido”, justificou. Ele alegou ainda que a Marinha do Brasil esteve no local e fez um estudo que permitiu a ação da prefeitura.

“A secretaria de Meio Ambiente do município nos deu autorização a partir do aval do Inema”, acrescentou Valdir, que é vereador licenciado pelo PDT e tem reduto eleitoral na região.

Moradores apontaram também que, a partir da intervenção, o local passou a ser explorado por pessoas que comercializam produtos e serviços, como o aluguel de cadeiras para os banhistas que frequentam o Poço.

Veja o vídeo da região:

 

Deixe uma resposta

Top