Documento sem título
Você está em
Home > Destaques > Senador protocola pedido de afastamento de Segovia da Polícia Federal

Senador protocola pedido de afastamento de Segovia da Polícia Federal

senador da Rede, Randolfe Rodrigues (AP) protocolou um pedido de liminar para afastar das funções o atual diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, na Justiça Federal do Distrito Federal, na quarta-feira (14).

Segovia é alvo de desconfiança desde que tomou posse em novembro, por indicação da cúpula do PMDB.

Na última sexta-feira (9), ele afirmou que as investigações sobre a acusação de propina do presidente Michel Temer devem ser arquivado por falta de provas e ausência de crime, antecipando-se à conclusão de uma apuração que ainda está em curso – há a sugestão de quebra de sigilos de Temer e outros suspeitos.




A investigação é referente ao Decreto dos Portos, um instrumento presidencial que favoreceu empresas do setor.
O senador lembrou que Segovia tem se encontrado com Temer fora das respectivas agendas oficiais. Em uma dessas reuniões, o presidente estava a poucos dias de responder, por escrito, às perguntas formuladas pelo delegado Cleyber Malta Lopes, responsável pela investigação.

Para Randolfe, o diretor-geral mostra explicitamente que está a serviço de Temer e seus aliados e atua como “advogado” do presidente. “Ao antecipar juízo valorativo sobre investigação que sequer foi finalizada, comportando-se como verdadeiro ‘advogado de defesa’ do senhor presidente da República, chegando ao despropósito de tentar intimidar o delegado que preside o inquérito em desfavor daquela Alta Autoridade, ameaçando-o de punição, o sr. Diretor-Geral inverte por completo o que dele institucionalmente se espera: blinda um investigado ilustre de suas responsabilidades e assedia um membro da instituição que tem por dever representar e zelar pelas funções”, declarou o senador.

Deixe uma resposta

Top