Policiais são suspeitos de propina para não prender dono de loja de relógios de luxo em SP

sábado, 4 de junho de 2022

/ by Inhambupe Noticias


Policiais são suspeitos de propina para não prender dono de loja de relógios de luxo em SP
Foto: Reprodução

Promotores de Justiça do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e policiais da Corregedoria da Polícia Civil cumpriram, na manhã desta sexta-feira (3), oito mandados de busca e apreensão em operação que apura o envolvimento de policiais civis de Osasco em esquema de corrupção.

 

De acordo com informações do portal G1, os alvos são suspeitos de terem recebido R$ 170 mil para não autuar e prender o dono de uma loja de relógios do Shopping Cidade Jardim, na qual, em janeiro deste ano, 81 relógios de luxo foram apreendidos.

 

Toda a negociação, intermediada por advogados, ficou registrada em trocas de mensagens.

 

As buscas são feitas na casa dos policiais, na delegacia onde eles trabalham e em endereços de advogados suspeitos de intermediar o pagamento de propina.

 

A investigação é um desdobramento da Operação Diamante de Sangue, realizada no começo do ano.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
made with by templateszoo